Bem-vindo ao Blog Falares de Portugal! 

Welcome to Falares de Portugal! 

Willkommen bei Falares de Portugal!

Inscreva-se na Newsletter
Escreva o seu nome e endereço de e-mail:
Nome:          Email:
Subscrever  Cancelar 

sexta-feira, novembro 11, 2005

“lavas-te” vs. “lavaste”

É frequente encontrar no português escrito uma certa confusão entre as formas verbais do tipo “lavas-te” e “lavaste”. Estas são, no entanto, duas formas distintas e com delimitações claras dos seus contextos de aplicação.

  1. “lavas-te” é a uma forma do verbo “lavar”, nomeadamente a segunda pessoa do singular do presente do indicativo; “te”, separado do verbo através de hífen, é um pronome pessoal clítico que, protopicamente, desempenha a função sintáctica de complemento directo (também chamado “objective”) nos verbos transitivos.
  2. “lavaste”corresponde à segunda pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo do verbo “lavar”. “te” faz parte da desinência da segunda pessoa do singular do pretérito perfeito (-ste), ou seja, é parte integrante da forma verbal e não pode ser separado da mesma.

Estratégia para distinguir as duas formas: Acentuação

  • “lavas-te”: o acento recai na antepenúltima sílaba (lá-)
    Se o acento recai na antepenúltima sílaba (“lavas-te” = “lávas-te”), estamos perante a forma verbal do presente do indicativo, logo “te”, não sendo parte integrante do verbo, deve ser separado do mesmo através de hífen.
  • “lavaste”: o acento recai na penúltima sílaba (-vás-)
    Se o acento recai na penúltima sílaba (“lavaste” = “laváste”), estamos perante o pretérito perfeito do indicativo, logo “te” não se separa do verbo.

Mais exemplos:
“pássas-te” vs. “passáste”; “identifícas-te” vs. “identificáste”

A mesma estratégia pode ser utilizada para distinguir formas do presente com pronome reflexo “se” (“fala-se”) de formas do pretérito imperfeito do conjuntivo (“falasse”). Tal como vimos nos exemplos anteriores, na forma com hífen (presente do indicativo com pronome reflexo “se”) o acento recai na antepenúltima sílaba (“fala-se” = “fála-se”); a forma sem hífen (primeira ou terceira pessoa do pretérito imperfeito do conjuntivo) é acentuada na penúltima sílaba (“falasse” = “falásse”).

Mais exemplos:
“láva-se” vs. “lavásse”; “pássa-se” vs. “passásse”

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home